Como Preparar Seu Guarda-Roupa para o Frio

roupa_03

Nos dias mais frios, ao buscar blusas e cobertores no guarda-roupa, a surpresa: cheiro de mofo e peças amareladas. Mas o principal problema de deixar roupas guardadas por muito tempo é o acúmulo de ácaros: micro-organismos que se alimentam de escamas da pele humana e de animais. Cobertores, colchões, almofadas e roupas pesadas são ambientes ideais para que eles se desenvolvam. Quando os ácaros se acumulam em grande quantidade, podem provocar reações até mesmo em quem não é alégico. Por isso é importante lavar as peças regularmente, mesmo se não houver mancha amarelada ou cheiro de pó.

Para guardar as roupas já lavadas, use sacos de TNT. Evite as sacolas plásticas, que podem acumular umidade. Sandra Micalli Pinheiro, pediatra, recomenda que as peças sejam expostas ao sol de tempos em tempos, pois os ácaros preferem ambientes escuros. Sandra indica também que as portas do guarda-roupa fiquem abertas pelo menos uma vez por semana, para ventilar o espaço.

As roupas pesadas, específicas para a estação fria do ano, precisam ser lavadas logo após o uso. As peças devem ser guardadas limpas, caso contrário, o tecido pode adquirir manchas de oxidação, mofo e ácaros — que atraem as traças. Usar naftalina na gaveta, nem pensar. Sandra Pinheiro ainda recomenda: nunca coloque roupas há muito tempo guardadas nas crianças.

Como lavar e guardar as peças

Edredons e cobertores precisam ser guardados em capas de TNT, que permitem ventilação, e devem ser lavadas a cada três meses. A limpeza dos travesseiros deve acontecer a cada quatro meses, tanto do forro como do recheio. Almofadas, tapetes e cortinas precisam passar por limpeza a cada seis meses.

Roupas de lã e de malha não devem ser guardadas sujas, pois mesmo aparentemente sem vestígios, podem apresentar manchas permanentes. Os bichos de pelúcia precisam ser lavados a cada seis meses, no caso de serem usados para decoração. Se estiverem em contato com a criança, o recomendável é que a limpeza seja feita a cada três meses.

Para organizar o guarda-roupa, compre cabides suficiente para as peças que serão penduradas. Prefira os mais resistentes para roupas pesadas e não se esqueça daqueles com gancho, para saias e peças mais finas. Uma dica para dividir as roupas de mais de uma pessoa em um mesmo espaço é usar cabides de cores diferentes. Ao fazer a limpeza, aproveite para separar aquelas que você não usa mais para serem doadas.

Se o guarda-roupa for pequeno, deixe as peças menos usadas na parte superior. Você pode também dividi-las em caixas e sacolas etiquetadas. Vale organizar as roupas conforme o modelo ou a estação: roupas mais leves, peças de inverno.

Fontes: Revista Crescer (Ricardo Monteiro, gerente operacional da Quality Lavanderia; Sandra Micalli Pinheiro, pediatra especializada em alergia infantil do Hospital São Luiz)
Foto: Google Images

Tags: , ,

Nenhum Comentário »

Nenhum comentário.

XHTML: Você pode usar essas tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>